Projetos/Ações

Projetos/Ações

SERVIÇO SOCIAL


O Serviço Social atua na Casa de Apoio à Criança com Câncer Durval Paiva, desde 1997, e funciona como porta de entrada no acolhimento e cadastro dos pacientes onco-hematológicos. Possui um caráter inclusivo, interventivo e educativo, tendo como foco o processo curativo, a partir do acompanhamento sistemático, principalmente, no que diz respeito às questões socioeconômicas.

As suas ações estão ligadas diretamente à missão institucional de “Acolher crianças e adolescentes com câncer e doença hematológica crônica e seus familiares, antes, durante e após o tratamento, buscando a cura, contribuindo para o resgate da cidadania, dignidade e qualidade de vida” e a visão de “Ser referência na excelência do acolhimento e nas práticas de promoção do diagnóstico precoce”.

O setor tem como objetivo proporcionar acolhimento, atendimento e acompanhamento social aos pacientes e aos seus respectivos familiares. No ano de 2023, realizou 3.967 atendimentos a 322 crianças e adolescentes, com suspeita ou diagnóstico de câncer e 162 com doença hematológica crônica, além disso, foram atendidos 283 acompanhantes desses respectivos pacientes.

HOTELARIA


A hotelaria da Casa Durval Paiva é um serviço oferecido com o objetivo de garantir a acolhida e o bem-estar dos beneficiários e seus acompanhantes, durante o período de tratamento, que vêm de diferentes partes do RN e de todo o país. São 18 quartos, totalizando 36 leitos, equipados com camas para o paciente e seu acompanhante, televisão e ventilador. Destes, 2 quartos são destinados para pacientes que necessitem de isolamento, medida necessária após a realização dos transplantes de medula óssea, com estadia mínima de 100 dias.

Os espaços são destinados para acolhimento no sistema day-use ou por temporada. Cada quarto é pensado para proporcionar um ambiente acolhedor e tranquilo, fundamental para o restabelecimento dos pacientes.

Além da hospedagem, a Casa Durval Paiva disponibiliza uma série de serviços essenciais para o bem-estar dos pacientes e suas famílias, como alimentação, tratamento multidisciplinar e transporte gratuito para os tratamentos ou exames em hospitais e órgãos de saúde.

Tais ações visam contribuir com o fortalecimento emocional e a recuperação física dos pacientes, minimizando o impacto do deslocamento e do afastamento de suas casas, refletindo positivamente em seus tratamentos.

DIAGNÓSTICO PRECOCE


O Setor de Diagnóstico Precoce surgiu da necessidade de ampliar seus horizontes acerca dos sinais e sintomas do câncer infantojuvenil. A Casa Durval Paiva trabalha nessa vertente, desde 2002, e, em 2020, surgiu o setor, para melhor atender a essa população que necessita de tantos cuidados. Sendo o carro chefe da CDP, onde a busca pelo diagnóstico torna-se um fator determinante, fazendo com que a sua cura seja mais rápida, menos dolorosa, menos custosa, menos invasiva, projetando uma cura sem sequelas.

Com isso, o setor do Diagnóstico Precoce busca capacitar os profissionais da saúde, sensibilizar os profissionais da educação e a sociedade civil acerca dos sinais de alerta, para que eles possam ter um olhar diferenciado e incentivar a população que, na dúvida, procure o médico para maiores esclarecimentos.

No último ano, foram realizadas 37 capacitações, 14 sensibilizações, 993 profissionais da saúde capacitados, 506 sensibilizações realizadas, 11 municípios atendidos. A intenção é ampliar os números de capacitações e sensibilizações e atingir o RN com a multiplicação da importância do diagnóstico precoce e os sinais de alerta.

DISPENSÁRIO DE MEDICAMENTOS


O dispensário de medicamentos permite ao farmacêutico estreitar relação de confiança com o paciente e o acompanhante, garantindo a dispensação dos medicamentos, de forma adequada, onde todas as orientações são fornecidas para que o uso da farmacoterapia, que é o uso de vários medicamentos, durante o tratamento, seja racional, garantido a segurança e bem-estar dos pacientes.

O farmacêutico presta a assistência e atenção farmacêutica, durante todo o tratamento oncohematológico, dando o suporte às famílias acolhidas pela instituição, tanto por meio presencial, como também por meio remoto, dando os apontamentos e orientações. Com isso, promove um impacto nas famílias, pois o setor articula com órgãos públicos a garantia do acesso aos medicamentos.

O farmacêutico fornece, ainda, as medicações adjuvantes ao tratamento. Elas promovem o bem-estar do paciente, reduzindo as reações adversas e proporcionando uma melhor qualidade de vida.

.

FISIOTERAPIA


O setor de fisioterapia da Casa Durval Paiva atua com o objetivo de melhorar a qualidade de vida de pacientes diagnosticados com câncer e doenças hematológicas crônicas. Para isso, acolhe os pacientes e promove, através do tratamento de reabilitação, a melhora dos aspectos físicos (mobilidade, força muscular, coordenação motora, equilíbrio, etc); o controle de sintomas como dor e cansaço; ações de bem estar.

Também oferece aos pacientes, sem possibilidades terapêuticas de cura, e seus familiares, cuidados paliativos para que tenham alívio do sofrimento.

A atuação em conjunto com a equipe multidisciplinar contribui para a atenção integral ao paciente. Mais do que melhorar a força muscular ou mobilidade, o setor de fisioterapia promove a autonomia e independência funcional do paciente colaborando para a reinserção no seu contexto de vida.

No ano de 2023, o setor de fisioterapia atendeu 97 pacientes, totalizando 527 atendimentos.

NUTRIÇÃO


O setor de nutrição e dietética da Casa Durval Paiva é composto por duas áreas: cozinha, para a produção de alimentos, que abrange uma Unidade de Alimentação e Nutrição – UAN, com a finalidade de fornecer refeições diárias, bem como assegurar a qualidade higiênico sanitária das refeições servidas aos pacientes, acompanhantes e colaboradores. Outra área é a clínica, que oferece assistência nutricional, individual e coletiva, aos pacientes e familiares beneficiados pela organização, através de atendimento clínico e de doação mensal de cesta básica, leite e suplemento em pó.

Em conjunto com a classe domiciliar da CDP, o setor de nutrição também desenvolve o Projeto “Educando para Nutrir”, que tem como principal objetivo motivar as crianças e adolescentes portadores de câncer e doenças hematológicas a adquirirem um hábito alimentar saudável, promovendo educação alimentar aos usuários e explanando sobre a importância e valor nutricional de uma alimentação balanceada como extensão do tratamento.

Os serviços ofertados pela parte clínica da nutrição, no ano de 2023, contaram com 256 atendidos e 2.445 atendimentos, que consistem em avaliações e entregas de planos alimentares individualizados para os pacientes, a fim de que haja uma melhor recuperação do tratamento oncológico e atenda suas necessidades especificas.

Fornecemos 43.210 refeições diárias, seguindo a lei da quantidade, qualidade, harmonia e adequação. Foram distribuídas um total de 3.126 cestas, com o objetivo de diminuir a insegurança alimentar e proporcionar uma alimentação adequada e saudável para as famílias beneficiadas pelo programa da CDP.

PSICOLOGIA


A Organização Mundial de Saúde (OMS) define saúde como “um estado de completo bem estar físico, mental e social e, não somente, ausência de afecções e enfermidades”. Sendo assim, o setor de psicologia da Casa Durval Paiva visa acolher e acompanhar pacientes e familiares, em suas demandas emocionais e psicológicas, que sejam determinantes para seu bem-estar diário no tratamento oncológico ou hematológico. Para além dele, avaliando e aplicando intervenções, que melhor o auxiliem, promovendo, assim, uma melhoria na qualidade de vida de maneira geral.

Tendo em consideração que o fazer do profissional do setor em questão utiliza diferentes atividades, quais sejam: busca ativa, acolhimento e acompanhamento psicológico individual, tanto na CDP, como na unidade da LIGA, a Policlínica, ou algum outro hospital, caso necessário. Além disso, grupos de crianças, adolescentes e acompanhantes com temas voltados para a saúde mental, realizando assim a psicoeducação, também, e articulação e integração com toda a equipe multiprofissional, que vai utilizar os diversos espaços físicos da instituição para desenvolvimento do trabalho.

A atuação em conjunto com a equipe multidisciplinar contribui para a atenção integral ao paciente. Mais do que melhorar a força muscular ou mobilidade, o setor de fisioterapia promove a autonomia e independência funcional do paciente colaborando para a reinserção no seu contexto de vida.

No ano de 2023, o setor de fisioterapia atendeu 97 pacientes, totalizando 527 atendimentos.

ODONTOLOGIA


O serviço odontológico atua, desde 1998, para atender os pacientes oncohematológicos cadastrados e seus acompanhantes. Tem como objetivo diagnosticar, prevenir e tratar as doenças bucais, como também os efeitos colaterais na cavidade bucal decorrentes dos tratamentos quimio e radioterápicos. O serviço é disponibilizado diariamente nos hospitais parceiros e no consultório da instituição. O acompanhamento dos pacientes oncológicos se dá antes, quando possível, durante e após o tratamento.

O acompanhamento dos pacientes, realizado pelo cirurgião-dentista, tem como objetivo minimizar foco de infecções bucais e os efeitos colaterais decorrentes do tratamento que possam a vir comprometer o prognóstico do diagnóstico podendo acarretar a interrupção do tratamento causada por mucosites (ulcerações), dor, infecção viral ou fúngica, que se manifestem, durante o tratamento oncológico. Nos pacientes hematológicos crônicos, esse acompanhamento especializado é importante na manutenção da saúde bucal, como também para evitar riscos de hemorragias espontâneas, devido à falta de higiene oral, que acarreta inflamação e sangramento gengival, como também, desencadear crises falcêmicas (agravar os sintomas da anemia falciforme).

No ano de 2023, o serviço odontológico realizou 1.849 atendimentos, dos quais 149 pacientes oncológicos, 55 hematológicos, 57 acompanhantes e 1 paciente em investigação. Desses atendimentos, 1.051 foram realizados em ambiente hospitalar, onde as crianças são atendidas em leito, recebendo o tratamento necessário, desde laserterapia a exodontia (extração de dente), e 764, no consultório da instituição.

PEDAGOGIA


Em 2023, o Setor Educacional realizou atendimentos educacionaias a 179 alunos, destes, 73 alunos estavam afastados da escola, em função do tratamento oncológico, contribuindo para que eles dessem continuidade a escolarização e não perdessem o ano letivo. Além disso, é importante ressaltar, as atividades extracurriculares, voltadas para a Oficina de Desenho, Educação e Sorriso, Educando para nutrir e Passeio Terapia.

CASA DOS OFÍCIOS


A Casa dos Ofícios desempenha um papel fundamental na promoção da dignidade, através de cursos e oficinas de capacitação profissional, com intuito de geração de renda às famílias assistidas pela CDP, que estão ou estiveram em processo de acompanhamento hospitalar.

Ao capacitar os jovens pacientes, mães acompanhantes e/ou integrantes do núcleo familiar, o setor não apenas fornece meios de subsistência, mas também resgata a autoestima e a autoconfiança. O setor conta com a estrutura de um ateliê de artes, um salão de beleza e uma cozinha pedagógica.

No último ano, foram 452 capacitações dos 64 cursos e/ou oficinas ofertados em 4 áreas de atuação, tais como: artes, gastronomia, informática, beleza e empreendedorismo. Em paralelo a abordagem GTR (geração de trabalho e renda) participou de exposições e venda em 12 estandes de feiras de artesanatos, onde parte do valor arrecadado é repassado para as mães/artesãs/profissionais envolvidas, resultados da economia criativa, produtos da manufatura produzidos nas oficinas de artes e dos serviços do salão de beleza da casa dos ofícios.

O impacto social se estende às vidas transformadas, histórias de superação e à construção de uma mentalidade empreendedora.

PROJETO VIDA


O Projeto Vida tem o objetivo de melhorar e garantir acesso a uma habitação segura e saudável, contribuindo para a qualidade de vida de crianças e adolescentes e suas famílias em tratamento contra o câncer.

Através do Projeto Vida, A Casa Durval Paiva já realizou 110 construções e 144 reformas de casas de pacientes com câncer ou doença hematológica crônica. Veja os números atualizados em “A Casa – Resultados”.

Qualificar para cuidar


  • OBJETIVO: Capacitar, qualificar e desenvolver profissionais da Casa de Apoio à Criança com Câncer Durval Paiva, bem como profissionais da sua rede de referência e parcerias, visando a excelência do atendimento e assistência prestada ao seu público alvo.
  • FINANCIADORES:
    • Atlas Schindler
    • Enerfín
    • Havan
    • Três Corações
  • APOIADOR:
    • COMDICA – Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes de Natal/RN

Unidos para cuidar


OBJETIVO: Entendendo que a realidade de crianças, adolescentes e jovens acompanhados pela Casa de Apoio à Criança com Câncer Durval Paiva estão, em sua maioria, na situação de vulnerabilidade social e econômica, o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Unidos para Cuidar tem como objetivo oferecer para crianças e adolescentes espaço de convívio e desenvolvimento de habilidades, de acordo com seu ciclo de vida, incentivando a socialização e a convivência comunitária, fortalecendo a relação familiar, a fim de contribuir para a prevenção e/ou proteção à situação de vulnerabilidade e/ou risco pessoal e social.

O projeto Unidos para Cuidar atende diretamente 30 crianças e adolescentes, que frequentam diariamente as oficinas temáticas desenvolvidas pelo Setor Pedagógico, e suas famílias, que participam mensalmente do acompanhamento social e de intervenções mensais voltadas para o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários.

  • FINANCIADOR:
    • Emenda Parlamentar da Senadora Zenaide Maia, é referenciado pelo Termo de Fomento nº 43/2023 entre a Casa de Apoio à Criança com Câncer Durval Paiva
  • APOIADOR:
    • SEMTAS – Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social de Natal/RN.

Diagnóstico Precoce


  • OBJETIVO: Capacitar profissionais de saúde das Equipe de Estratégia de Saúde da Família – ESF e agentes comunitários de saúde – ACS da cidade de Parnamirim, Ceará Mirim, João Câmara, Itaipú e Pureza no estado do Rio Grande do Norte, sobre o diagnóstico precoce do câncer infanto-juvenil.
  • FINANCIADORES:
    • Magazine Luiza
    • Três Corações
  • APOIADOR:
    • Ministério da Saúde por meio do PRONON – Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica

Diagnóstico Precoce


  • OBJETIVO: Capacitar profissionais da Estratégia de Saúde da Família – ESF do município de Currais Novos, acerca da identificação e do diagnóstico do câncer infanto-juvenil.
  • FINANCIADOR:
    • IRM – Instituto Ronald McDonald – Campanha McDia Feliz!

Acolhendo Vidas


  • OBJETIVO: A partir das demandas da Casa Durval Paiva para acolher essas crianças e adolescentes e seus pais/acompanhantes, em regime de hotelaria, onde além de hospedagem, recebem alimentação integral, medicamentos e exames, transporte para deslocamento do tratamento em Natal (clínicas, hospital, laboratórios, centro de hemodinâmica, entre outras demandas), assim como todos os atendimentos multidisciplinares (odontologia, fisioterapia, farmácia, nutrição, psicologia), visto que o tratamento de combate ao câncer tem duração mínima de 5 anos. Assim, apresenta-se os seguintes objetivos para o Projeto Acolhendo Vidas:
    • Propiciar transporte de qualidade para o deslocamento de pacientes/familiar para hospitais, clínicas e laboratórios;
    • Promover a melhoria das acomodações (quartos), consequentemente, da qualidade de vida dos pacientes assistidos por meio da aquisição de camas hospitalares;
    • Renovar o auditório, adequando o espaço às demandas do processo de ensino-aprendizagem do Diagnóstico Precoce, contribuindo para aumentar os índices de cura do câncer infantil;
    • Renovar os mobiliários do Bazar do Caquito (mascote da Casa Durval Paiva), fortalecendo a captação de recursos para o desenvolvimento das ações de saúde e assistência social prestadas às crianças e adolescentes acolhidos;
  • FINANCIADORES:
    • Lions Club Internacional Foundation- LCIF
    • Lions Clube Internacional Distrito LA-5
    • Lions Clube Currais Novos Scheelita
    • Lions Clube de Natal Ponta Negra
    • Lions Clube de Natal Reis Magos

Projeto Vida


OBJETIVO: O Projeto Vida, oferece aos pacientes e suas famílias o acesso à moradia adequada e, por conseguinte, condições habitacionais que visam uma melhor resposta ao tratamento, na perspectiva da construção de condições mais justas e igualitárias de habitação.  

Visando a promoção da qualidade de vida e resgate da cidadania dos pacientes, e por conseguinte, do seu núcleo familiar, o setor do Serviço Social realiza durante o ano aproximadamente 400 visitas domiciliares aos pacientes ativos,  enquanto estratégia interventiva para o levantamento da realidade das crianças e adolescentes que incluem aspectos sociais, ambientais, econômicos, psicológicos e demais fatores que envolvem todo o núcleo familiar e podem impactar no tratamento e no comportamento durante a estadia na Casa  de Apoio à Criança com Câncer Durval Paiva.

  • FINANCIADORES:
    • Supermercado Nordestão – Campanha TROCO Solidário
    • Teleperformance

Leitura e Prosa


  • OBJETIVO: Contribuir com a continuidade do processo de escolarização, através de atividades pedagógicas complementares de incentivo à leitura, produção textual e suporte psicopedagógico, para o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes acolhidos pela Casa Durval Paiva.
    Ações:
    • oficina de leitura e produção textual
    • atendimento psicopedagógico
    • bibliotecário
    • passeio terapia
  • FINANCIADORES:

Nutrindo Vidas


  • OBJETIVO: Ofertar segurança alimentar e nutricional dos pacientes atendidos pela Casa Durval Paiva, contribuindo assim para melhoria das condições de vida e de tratamento dos beneficiários.
  • FINANCIADOR:
    • Emenda Parlamentar – EP 36/2021 do Deputado Estadual José Dias

Ação Infância e Vida


OBJETIVO: Possibilitar melhores condições nos cuidados com a saúde bucal das crianças e adolescentes, em tratamento contra o câncer infantojuvenil acolhidas pela Casa Durval Paiva, busca-se realizar a estruturação do setor de odontologia com a aquisição de um gabinete odontológico completo, para assim promover um melhor atendimento e apoio ao tratamento dos acolhidos e seus familiares.

  • FINANCIADOR:
    • Fundação Banco Brasil – FBB
  • APOIADOR:
    • CONIACC – Confederação Nacional de Instituições de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente com Câncer.

Qualificar para salvar


  • OBJETIVO: Promover capacitação para profissionais das Equipes de Estratégia de Saúde da Família (ESF) e Agentes Comunitários de Saúde (ACS) dos municípios integrantes da 5ª e 6ª Unidades Regionais de Saúde Pública (URSAP), sobre a identificação de sinais e sintomas e encaminhamentos acerca do diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil;
  • FINANCIADOR:
    • Banco do Nordeste
  • APOIADOR:
    • Ministério da Saúde por meio do PRONON – Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica